Dicionário pós operatório de A a Z

Atenção: as informações aqui contidas foram elaboradas pelo autor e correspondem a condutas particulares, não sendo, necessariamente, verdade absoluta para todas as cirurgias, situações e pacientes.

A B C D E F G H I J K L M
N O P Q R S T U V W Y X Z

T

Tabagismo (fumo)
– Mesmo após a cirurgia o fumo é extremamente prejudicial à cicatrização.
– Deve ser evitado nos primeiros 45 a 60 dias de pós operatório.

Tonturas
– É mais comum em cirurgias de lipo e abdome.
– Na 1a. semana, ao se levantar, principalmente se for rápido demais, é normal, com certa frequência, surgir episódio de tontura, vista escura ou com pontos pretos e até desmaio, por um certo grau de queda de pressão (hipotensão postural).

Trabalho
– A previsão para retorno às suas atividades profissionais depende de basicamente 3 fatores: tipo de trabalho, cirurgia realizada e se há ou não complicações pós operatórias.
– Pode-se retornar às atividades normais entre 1 semana ou até 30 dias após o procedimento. Alguns exemplos (tempo médio):
Lipo: 1 semana.
Implantes de mama: 1 semana.
Mamoplastias: 15 dias.
Abdome: 20 dias.
– Atenção: o tempo para retornar ao trabalho não é o mesmo do de retorno para dirigir (ver Dirigir).

Trombose – medidas de prevenção
– O risco de trombose é maior nos primeiros 20 dias após a cirurgia.
– Se estiver com meias elásticas, de média compressão, utilizar por 7 dias após a cirurgia, podendo retirar à noite.
– Andar com frequência (a cada 1 a 2 horas) e movimentar os membros inferiores constantemente enquanto deitado(a).
– Sintomas de dor e inchaço importante em uma das coxas/pernas deve ser comunicado imediatamente ao seu médico.